logo
titulo-noticias
ÁGUA - AMEAÇA DE DESABASTECIMENTO NO VERÃO É UMA CERTEZA.
ÁGUA - AMEAÇA DE DESABASTECIMENTO NO VERÃO É UMA CERTEZA

 

A pouco mais de um mês para início da temporada de Verão ainda não se tem clareza e muito menos certeza quanto às soluções aparentes que minimizem o corte ou desabastecimento de água. Cidades vizinhas atendidas pela CASAN, como a Capital do Estado que se movimentam no sentido de garantir investimentos e atenção da concessionária para evitar o colapso anunciado. Outro item que coloca sob ameaça o bom convívio no Verão é em relação ao fornecimento da energia elétrica. A CELESC igualmente promete fazer de tudo pra que não ocorram os apagões pontuais – aqui em Bombinhas eles foram frequentes no final do ano passado e inicio deste ano. Somou-se falta de água e queda de energia. Duas frentes fundamentais que são servidas pelo Governo do Estado – através da CASAN e da CELESC. A saída é ficarmos na pressão para que os prejuízos sejam menores possíveis.
Leia mais:
:: Moradores do norte da Ilha ampliam reserva de água para a alta temporada
:: Entrevista com vice-presidente de Turismo da Fecomércio-SC
:: Veja a página especial sobre abastecimento de água e energia para o verão
O recado, que foi dado também na temporada passada, parece ter dado resultado. Uma pesquisa realizada em janeiro de 2014 pela Fecomércio-SC, logo após os problemas de falta de água e luz, mostrou que 56% dos empresários do norte da Ilha investiram em infraestrutura de ampliação de armazenamento de água, fonte de energia auxiliar ou esgoto privado por causa do histórico de desabastecimento na alta temporada.
O diretor da Regional Canasvieiras da Acif, Luiz Cesar Costa, informa que os comerciantes preferem investir para evitar prejuízo:
– Normalmente os empresários não acreditam no que as concessionárias prometem, então o nosso conselho é que invistam para evitar problemas – comenta o diretor.
Medidas preventivas 
Os donos da pousada Avó Isaura, em Canasvieiras, que há 12 anos funciona apenas durante a alta temporada, investiram, mas não deixam de apelar para as medidas preventivas. Em 2011, a família do Luiz Paulo, dona do empreendimento, ampliou o reservatório do local para 25 mil litros, sendo 20 mil de caixa d’água e o restante com cisterna e ainda assim todo ano eles tomam providências.
– A capacidade da pousada é para 60 pessoas e abrimos apenas durante o verão. No entanto, em períodos de pico de consumo, normalmente no Réveillon e Carnaval, ao invés de três hóspedes por suíte, aceitamos no máximo dois – explica Luiz Paulo.
De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), o brasileiro gasta em média 187 litros de água por dia, pouco em relação aos norte-americanos (575 litros por dia), mas muito se o número for comparado com oschineses (85 litros por dia).
Da queima de eletrodomésticos até a insatisfação com o hotel que não tem água e energia, moradores e turistas podem cobrar no Procon e na Justiça quando se sentirem lesados, explica o diretor do órgão de defesa do consumidor de Florianópolis, Gabriel Meurer:
– A reclamação pode ser diretamente contra a agência de turismo ou contra as concessionárias. Há um dano moral que pode e deve ser reparado.
Quanto à agua ainda alertamos para que adotem cisternas ou caixas maiores que possam armazenar até mesmo a água da chuva.

 

AEMB      CDL


Na matéria abaixo veiculada hoje no Diário Catarinense uma demonstração da preocupação em outras cidades quanto a estarmos preparados com adoção de cisternas e caixas de água. Vejam a reportagem. Aqui a AEMB e CDL fazem esta campanha desde 2009.

Entidades orientam empresários a investir para não terem prejuízo no verão.

Investir. Esse é o verbo que deve mover as entidades de Florianópolis para evitar prejuízos com desabastecimento de água e luz na temporada de verão. Por mais que Celesc, Casan e Prefeitura tenham unido esforços para evitar o que ocorreu em dezembro e janeiro passados, quando 350 mil pessoas ficaram desassistidas, a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio-SC) recomendaram os empresários que não esperem pelo poder público. 

 

DIÁRIO CATARINENSE

Clique na foto para ampliar.
j.miniatura.name}} j.miniatura.name}} j.miniatura.name}}
Escolha o setor e encontre, em Bombinhas,
tudo o que você precisa.
busca
Bombinhas é, reconhecidamente, um dos destinos mais lembrados e procurados em todo o litoral brasileiro.
publicidade-1
Copyright 2008 - Todos os direitos reservados - AEMBombinhas.com.br
A AEMB/CDL | Associados | Campanhas | Convênios | Notícias e Eventos | Turismo | Contato